Wiki? Yes, WE are the KEY!

Em poucas horas desde que o documento “Pôr Portugal a Crescer: 10 Ideias Consensuais entre Economistas” foi colocado neste blog e no Facebook, a resposta tem sido surpreendentemente positiva. 🙂 E eu que cheguei a pensar algo do tipo ‘por que é que ainda me dou ao trabalho de fazer coisas destas?’ …

A minha ideia inicial era simplesmente libertar o documento à discussão pública. Entretanto, surgiu uma ideia ainda melhor, que permite a quem queira dar o seu contributo que o faça de uma forma estruturada. Essa ideia é transformar o documento num Wiki durante os próximos três meses.

Como funciona? Fácil. Quem quiser contribuir de forma fundamentada com comentários, novas ideias, e até críticas deve mandar um email para:

pgr.economist+wiki@gmail.com

(sim, é mesmo assim com o ‘+wiki’ no fim) com a palavra ADICIONAR no assunto. Assim, será possível partilhar uma pasta do Dropbox onde se encontra o documento para edição.

Peço apenas que quem quiser acrescentar o seu ponto de vista ou análise, que o faça da seguinte forma: No final de cada secção, deverá incluir um novo parágrafo a itálico que começa com Filipe diz: XXXXXXXXX. Assim será fácil saber quem disse o quê e onde.

O documento encontra-se em fase de Wiki (uma fase onde a colectividade pode contribuir para a edição do mesmo) até 31 de Maio de 2012. Depois eu e a minha equipa teremos até 30 de Junho para produzir um documento coerente que aproveite todas as sugestões até então recolhidas.

Obviamente que novas ideias também são bem vindas. Devem ser colocadas no final do documento, após a conclusão.

Uma palavra final: O convite a participar neste Wiki destina-se principalmente a professores universitários, doutorandos e mestrandos que trabalham na área da Economia. Contudo, não se pode limitar apenas a estas pessoas – precisamos de contributos de académicos e pessoas do terreno em TODAS as áreas do saber: gestão, direito, medicina, … Os economistas podem falar em economês muitas vezes mas o que está em causa – o crescimento económico de Portugal – é algo demasiado importante para ser deixado apenas nas suas mãos.

Nunca subestimem o poder da colectividade quando esta trabalha em conjunto. O surgimento do Linux como plataforma alternativa à Microsoft é disso um bom exemplo, desenvolvido com a generosidade de milhares de programadores dispersos por todo o Mundo. Como ainda hoje disse a um amigo, quero acreditar que nas redes sociais os Portugueses são capazes de muito mais do que simplesmente dizer mal uns dos outros (mesmo que tenham razão quando o fazem). Temos de ser mais construtivos! 🙂

Sobre Pedro G. Rodrigues

Investigador integrado no Centro de Administração e Políticas Públicas (CAPP) e Professor Auxiliar do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, Universidade de Lisboa. Doutorado em economia pela Universidade Nova de Lisboa. Email: pedro.g.rodrigues@campus.ul.pt
Esta entrada foi publicada em Miscelâneo com as etiquetas . ligação permanente.

5 respostas a Wiki? Yes, WE are the KEY!

  1. Jorge Bravo diz:

    Parece-me bem!
    Mas não será que é um pouco rebuscadinho?
    É um pouco “if then go to”.
    Mas de qualquer maneira é um bom desafio, o pessoal do “terreno” julgo que irá apreciar este desafio.
    Vamos à luta!

  2. Não subestimemos os Portugueses! Peço-lhe o favor de divulgar esta iniciativa julgo de quem, do “terreno”, possa querer contribuir.

    Como diz e bem, Vamos à luta! 🙂

    • Jorge Bravo diz:

      Assim estou fazendo
      Até porque não se pode perder as nossas caracteristicas e é necessário agitar as “massas”:
      As mais marcantes e mais preciosas características dos Portugueses, são na minha óptica “aqui do terreno”:
      1- Interdisciplinariedade. A primeira das caracteristicas fundamentais.
      2- Pensamento “fora da caixa” antes conhecido por pensamento divergente ou pensamento fuzzy. A segunda das caracteristicas fundamentais.
      3- Capacidade de usar simultaneamente todas as tecnologias e ciências disponíveis.
      Também conhecido agora por espírito NacGyver, ou o na sua versão básica, o nosso bem mais conhecido desenrasca à portuguesa. A terceira é simultaneamente a mais fundamental das nossas caracteristiacas.
      4- Capacidade interpessoal acima da média.
      5- Apurado espírito de entreajuda, também acima da média.
      6-Capacidade negocial, acima da média.
      7- Resiliência extrema, também muito acima da média. A quarta das caractristicas fundamentais.
      8- Visão estratégica e geoestratégia, está adormecida nas brumas da memória. A quinta das caracteristicas fundamentais.
      9-Capacidade de com poucos recursos maximizar os meios e os benefícios, está adormecida nas brumas da memória.
      10-Firmeza ética, moribunda desde as brumas da memória e pelo menos desde 1496.
      Assumida actualmente como a extrema capacidade de reconhecer os erros no comportamento dos outros, que não se reconhece a si próprio.
      É claro que considero este o ponto mais difícil de recuperar a curto prazo.

      Os outros são pacificamente recuperáveis com um bom líder.

      Vamos à luta!

      • Jorge Bravo diz:

        Já agora seria bom poder-se finalmente controlar a nossa inveja crónica e a nossa tambem crónica indisciplina.

    • Jorge Bravo diz:

      Caro Pedro Rodrigues
      Parece que o Mail não está a funcionar, o Web Master devolve com a indicação: O Endereço não existe.
      Deve ser um problema menor, mas seria bom ver.
      Não é todos os dias que alguém põe o seu blog ao serviço da recolha de ideias.
      É pena perderem-se, mesmo que elas sejam totalmente redundantes ou disparatadas (que isso só dá trabalho é a rever os “testes”), até porque as “Tempestades de Ideias” (esperemos) têm mesmo… estas coisas.
      Cumprimentos
      JB

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.