A bolha chinesa

Algo me diz que a China será o próximo foco de problemas para a economia mundial, por ventura já em 2014.

China-6

O dividendo demográfico à la Bloom & Canning está quase no fim.

China-3

Acentua-se a divergência entre o desempenho macroeconómico (com tendência para desacelerar) e o volume de crédito (com tendência para acelerar).

China-1

E finalmente, a dívida do sector privado está muito acima da tendência dos últimos 30 anos.

Para mais evidência perturbadora, clique aqui.

Sobre Pedro G. Rodrigues

Investigador integrado no Centro de Administração e Políticas Públicas (CAPP) e Professor Auxiliar do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, Universidade de Lisboa. Doutorado em economia pela Universidade Nova de Lisboa. Email: pedro.g.rodrigues@campus.ul.pt
Esta entrada foi publicada em Crescimento económico, Crise, Economias emergentes. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.