A bolha chinesa

Algo me diz que a China será o próximo foco de problemas para a economia mundial, por ventura já em 2014.

China-6

O dividendo demográfico à la Bloom & Canning está quase no fim.

China-3

Acentua-se a divergência entre o desempenho macroeconómico (com tendência para desacelerar) e o volume de crédito (com tendência para acelerar).

China-1

E finalmente, a dívida do sector privado está muito acima da tendência dos últimos 30 anos.

Para mais evidência perturbadora, clique aqui.

Anúncios

Sobre Pedro G. Rodrigues

Professor no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa, doutorado em economia pela Universidade Nova de Lisboa. Email: pgr.economist@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Crescimento económico, Crise, Economias emergentes. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s