Fiscalidade verde como catalisador

Vejam este artigo de opinião do meu co-autor de longa data, Alfredo Marvão Pereira, que saiu na edição de hoje do jornal Público. Ele defende que a reforma fiscal ambiental pode ser um importante catalisador tanto do crescimento económico e do emprego como da consolidação orçamental. Isto para além de ajudar a tornar o nosso desenvolvimento mais sustentável a prazo. Mas, para tal, é urgente o compromisso e a concertação entre os principais agentes políticos. Como ele diz a certa altura: “Em Portugal discute-se muito, mas debate-se pouco”. A não perder.

amp-refamb

Anúncios

Sobre Pedro G. Rodrigues

Professor no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa, doutorado em economia pela Universidade Nova de Lisboa. Email: pgr.economist@gmail.com
Esta entrada foi publicada em Crescimento económico, Desenvolvimento sustentável, Finanças públicas. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s