Aumento da idade de reforma agrava desigualdade

Os trabalhadores mais pobres tipicamente não frequentaram a universidade e começaram a trabalhar mais cedo. Assim sendo, um aumento da idade legal de reforma obrigá-los-á a trabalhar mais anos que outros que começaram a trabalhar mais tarde. Para além deste efeito, os mais pobres tipicamente vivem menos anos … Por tudo isto, o aumento da idade legal de reforma tende a aumentar a desigualdade, como nos recorda OCDE.

Retirement reform: Live poor, die young | The Economist http://www.economist.com/blogs/buttonwood/2014/12/retirement-reform?fsrc=scn/tw/te/bl/ed/livepoordieyoung

Sobre Pedro G. Rodrigues

Investigador integrado no Centro de Administração e Políticas Públicas (CAPP) e Professor Auxiliar do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, Universidade de Lisboa. Doutorado em economia pela Universidade Nova de Lisboa. Email: pedro.g.rodrigues@campus.ul.pt
Esta entrada foi publicada em Miscelâneo. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.