Sobre Liberdade e Igualdade …

A propósito da passagem de Piketty por Lisboa, João Carlos Espada escreveu isto:

“Por outras palavras, os povos que preferem a igualdade à liberdade vão produzir mais pobreza. Perante a pobreza, vão exigir ainda mais igualdade. E obterão mais pobreza. Quando descobrirem que outros povos estão a produzir riqueza, exigirão que a igualdade seja estendida a esses povos (talvez através de um “imposto global”). Obviamente, se isso fosse aceite pelos outros, todos ficariam mais pobres — mas seguramente também mais iguais, na pobreza.”

Será que isto quer dizer “Que se lixem os pobres”?

Não, a chave está em perceber que a) equidade (justiça social) não implica igualdade, e b) sem crescimento económico (mais bolo) é contra-produtivo falar em como distribuí-lo. Aliás, quanto mais tempo e recursos se gastam a discutir como o distribuir, menos ele cresce. Isso não quer dizer que deve imperar a lei da selva. Quer apenas dizer que a prioridade do Estado deve ser assegurar que a Lei é cumprida. Suspeito que a maior parte da desigualdade venha da violação da lei e não do funcionamento do mercado em concorrência. O segredo, parece-me passar pela definição rápida e clara de regras de distribuição de resultados “justas” como por exemplo quotas em sociedade atribuídas a trabalhadores ou prémios de desempenho, salvaguardando também uma parte dos resultados obtidos (através de impostos progressivos) para os mais desfavorecidos. O ponto interessante do artigo é que entre a liberdade e a igualdade, a liberdade é um instrumento mais potente de combate efectivo à pobreza, desde que o Estado assegure o Rule of Law e não um regime cleptocrático.

Publicado em Miscelâneo | Deixe o seu comentário

A Rota do Peregrino

Proponho “A Rota do Peregrino”. Alguém que é empreendedor que pegue nesta ideia. Para evitar o aumento da sinistralidade rodoviária, que se trace um caminho cénico para Fátima, longe das AEs, IPs, e ICs, com paragem em estalagens e restaurantes. A peregrinação a Fátima pode também ser uma oportunidade de promover turisticamente Portugal aos estrangeiros.

Publicado em Miscelâneo | 4 Comentários

Sobre a qualidade da gestão

Nos últimos tempos o FMI relembrou-nos a importância de termos gestores competentes. Hoje trago-vos alguns dados da PORDATA sobre a percentagem dos empregadores que têm pelo menos o ensino superior. Veja se trabalha num dos vinte melhores concelhos.

empregadores

 

Para o país como um todo, o cenário é este:

pt_empregadores

Publicado em Gestão, Recursos Humanos | Deixe o seu comentário

Até nos primatas …

Publicado em Miscelâneo | Deixe o seu comentário

O Sistema Nacional de Saúde na TSF

Entrevista - Pedro Pita BarrosVejam esta entrevista que o Pedro Pita Barros (Nova School of Business and Economics) concedeu à rádio TSF em que discute o passado recente do sistema nacional de saúde em Portugal.

Publicado em Saúde | Deixe o seu comentário

Gré-saída

game_over

“Nunca acredites em nada, até ser categoricamente desmentido pelas autoridades.”

Já chegámos a essa fase, no que diz respeito à Grécia e à sua permanência ou não na zona euro. Notícias recentes sugerem que estamos a dias de nacionalizarem a banca para evitar uma saída ainda maior de capitais para o estrangeiro, e depois introduzirem uma nova moeda para fazer transacções.

Publicado em Crise financeira | Deixe o seu comentário

Varoufakis e o Ausgang

Varoufakis também acha que o mais provável é a Alemanha sair do euro.

http://www.youtube.com/watch?v=MEUWxNifJJ8&feature=youtu.be&t=42m40s

Publicado em Miscelâneo | Deixe o seu comentário